A união da arquitetura e da moda nas passarelas mais famosas do mundo

arqmoda
A moda nunca foi um universo isolado de outras referências artísticas. Porém, a inspiração não se restringe apenas a criação das peças. Estilistas e marcas renomadas provaram que a passarela não precisa ser branca com luz direcionada para apresentar as novas coleções da temporada. Casas modernistas, obras de arte e instalações estão entre as opções usadas como cenário. Em clima de fashion week, confira seis marcas que encantam os espectadores com a atmosfera minuciosa dos desfiles. arquimoda1 arquimoda2CHANEL: Um dos desfiles mais disputados da semana de alta-costura é da maison. Os convidados não só aguardam ansiosos pelas criações de Karl Lagerfeld, mas também pelo cenário, sempre muito exuberante. O Grand Palais se transforma em Torre Eiffel, base de lançamento da Nasa, estufa, jardim de papel, casa de bonecas, teatro antigo e até galeria de arte. Esta última, da coleção Spring Summer 2014, refletia diretamente na inspiração do kaiser, com vestidos, casaquetos e acessórios coloridos. arquimoda3 arquimoda4DIOR: A maison sempre faz cenários incríveis no Museu Rodin, em Paris, e eventualmente troca de locação para enaltecer a arquitetura e identidade da cidade da luz. Uma montanha de flores já foi criada no meio do pátio no Museu do Louvre, na área Cour Carrée, e até mesmo na mansão Les Palais Bulles, de Pierre Cardin em parceria com o arquiteto Antti Lovag, na Riviera Francesa. arquimoda6 arquimoda5VUITTONNicolas Ghesquière adora arquitetura e sabemos disso apenas de observar os incríveis cenários dos desfiles da marca francesa. A coleção Cruise 2017, inclusive, foi inspirada nas obras de Oscar Niemeyer, sendo apresentada no Museu de Arte Contemporânea do Rio, em maio do ano passado. Este ano, a linha invadiu o Miho Museum, em Kyoto, no Japão. A reverência a cultural milenar do local ficou evidente nas peças estruturadas, com quê samurai e dramaticidade de Akira Kurosawa. arquimoda7 arquimoda8GUCCI: Rei do vintage e do maximalismo contemporâneo, Alessandro Michele deu outra cara para a marca italiana. Campanhas irreverentes e peças desejo que ultrapassam temporadas dão o tom do direcionamento da casa. O diretor criativo levou os convidados ao Palazzo Pitti, uma construção renascentista em Florença, para conferir a linha Cruise 2018. Quadros, ouro e muitos ornamentos criaram a ambientação ideal para a coleção inspirada em Dapper Dan, estilo de rua de Nova York dos anos 1980, e no próprio movimento artístico e arquitetônico do palácio.

MORE Architeture/ Design

Duzett District
Copyright ® 2015